HOMENS unidos pelo fim da violência contra as MULHERES

Fullscreen capture 25112008 090506.bmp

25 de novembro (hoje) é o Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres, instituído no primeiro encontro Feminista da América Latina e Caribe organizado em Bogotá, Colômbia, de 18 a 21 de Julho de 1981.

O abaixo-assinado online para o qual você, HOMEM, está sendo convidado [intimado], é um compromisso em contribuir com a implementação integral da Lei Maria da Penha, da qual reproduzimos as Disposições Preliminares:

Art. 1o  Esta Lei cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8o do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Violência contra a Mulher, da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher e de outros tratados internacionais ratificados pela República Federativa do Brasil; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; e estabelece medidas de assistência e proteção às mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

Art. 2o  Toda mulher, independentemente de classe, raça, etnia, orientação sexual, renda, cultura, nível educacional, idade e religião, goza dos direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sendo-lhe asseguradas as oportunidades e facilidades para viver sem violência, preservar sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual e social.

Art. 3o  Serão asseguradas às mulheres as condições para o exercício efetivo dos direitos à vida, à segurança, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, à moradia, ao acesso à justiça, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

§ 1o  O poder público desenvolverá políticas que visem garantir os direitos humanos das mulheres no âmbito das relações domésticas e familiares no sentido de resguardá-las de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

§ 2o  Cabe à família, à sociedade e ao poder público criar as condições necessárias para o efetivo exercício dos direitos enunciados no caput.

Art. 4o  Na interpretação desta Lei, serão considerados os fins sociais a que ela se destina e, especialmente, as condições peculiares das mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

A campanha pelo abaixo-assinado parece inócua, uma vez que só pode que você coloque seu nome completo e e-mail, nem pede CPF ou RG. Mas creio que ela é mais pela conscientização. E me surpreendeu o pequeno número de assinantes até agora: 16.127. Será que isto reflete a pouca importância que os homens "esclarecidos" e "bem informados" [afinal de contas, têm acesso à internet] dão ao assunto?

De certa forma, é menos pior pensar que seja simplesmente "pouca importância dada ao assunto". Porque se for um não-concordar com a campanha… é muito mais triste.

Sim, e por que assinar digitalmente? Como a definição no próprio site diz, é um COMPROMISSO. E Compromissos dizem respeito à ética pessoal. Você se compromete, dando em troca apenas o seu nome, sua palavra. E qual a sua postura em relação à violência contra a mulher? É algo para ser escondido, varrido para debaixo do tapete? É algo de que você   quer simplesmente dizer "não tenho nada com isso, afinal de contas, eu não bato na minha mulher" ? E as mulheres ao seu redor? E as que não têm quem as defenda? e as que não têm coragem de denunciar?

Este compromisso lhe diz que você é responsável também por elas. E que a Lei Maria da Penha diz respeito a TODA violência praticada contra QUALQUER mulher. Vai ficar de fora????

 

Alguns blogs regionais estão participando ativamente e divulgando a campanha, como o Blog do Rick – Sem mais delongas, onde você pode encontrar muitas outras informações sobre o assunto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: